20 Anos
  • Consagri
  • Gestagri
  • Ribagri
  • Forestagri
  • Urbanagri
  • Imoagri


 
A Floresta Nacional é um bem de todos, fundamental ao equilíbrio do ecossistema e um dos principais recursos renováveis que possuímos.
Vivemos numa sociedade altamente competitiva e simultaneamente cada vez mais exigente, quer ao nível da qualidade dos produtos que consumimos quer ao nível da conservação e melhoria dos recursos naturais.
A má utilização dos recursos naturais tem contribuído para a degradação de todo o ecossistema, com particular incidência no efeito de estufa, na degradação da qualidade do ar e da água, no aumento de desertificação e na perturbação da biodiversidade.
Portugal, tal como outros países da União Europeia, tem procurado adequar as políticas nacionais e as estratégias do sector ambiental e florestal aos compromissos assumidos a um nível mais global.
Para que consigamos dar respostas a estes desafios é importante que a fileira florestal se dinamize, organizando as boas práticas florestais, no sentido de optimizar produções e reduzir custos e impactos negativos, valorizando os aspectos ambientais e sociais.

Esta é a nossa missão…


QUEM SOMOS
 
Somos uma empresa de consultoria especializada na área da Silvicultura e da Auditoria e Avaliação de propriedades.
 
Na área da Silvicultura temos particular incidência na Gestão de Propriedades, Avaliação de Recursos Naturais, Elaboração de Planos de Gestão Florestal, Elaboração de Candidaturas de Apoio no âmbito do PDR2020, Certificação Florestal, Levantamentos Topográficos, GPS  e Comercialização de Produtos Agro-florestais.
 
A experiência resultante dos anos de trabalho, existimos desde 1998, a competência sempre demonstrada e o crescimento que temos vindo a ter desde então, valeu-nos a atribuição do Galardão Micro-empresa do Ano 2011, atribuído pela NERSANT (Associação Empresarial de Santarém) e pelo Jornal O Mirante.

CONSULTORIA TÉCNICA

  
PORTEFÓLIO
SERVIÇOS
 
    1. Avaliação de Recursos Naturais

    2. Gestão Florestal:
           - Gestão de propriedades florestais
           - Planos de gestão florestal
           - Planos orientadores de gestão cinegética
           - Elaboração de candidaturas de apoio no âmbito do PDR2020
           - Cartografia temática e digital
           - Certificação da gestão florestal
           - Elaboração de pedidos de (re)arborização no âmbito do RJAAR

    3. Auditoria e Avaliação de Propriedades

    4. Zonas de Intervenção Florestal

    
5Monitorização e Avaliação de Mortalidade de Sobreiro

    6. Monitorização e Avaliação de Controlo Biológico de Plátipo
 
    

1. AVALIAÇÃO DE RECURSOS NATURAIS


Inventário Florestal
A avaliação e levantamento de todos os recursos naturais existentes numa determinada propriedade é essencial para a elaboração e definição de planos de acção.
 


2. GESTÃO FLORESTAL 

Gestão de propriedades florestais
Naturalmente a grande diversidade de sistemas naturais, de regimes de propriedades, de formatos de gestão e de sistemas silvícolas levam à adopção de metodologias e ferramentas técnicas de apoio à  gestão cada vez mais exigentes e eficazes.
A Forestagri responsabiliza-se e concentra o seu esforço na obtenção de elementos de base caracterizadores da exploração em causa e no seu tratamento, gerando soluções viáveis e adaptadas à gestão da propriedade de modo a optimizar o funcionamento de todo o sistema e planeamento florestal, gerando desta forma mais valias para o proprietário.
 
Planos de Gestão Florestal (PGF)
Os PGF, regulados por legislação própria, são elementos chave para a Gestão Florestal Sustentável e também para a Certificação Florestal, uma vez que permitem regular, no tempo e no espaço, as intervenções da exploração florestal sejam elas de natureza económica, ecológica ou social.
Os PGF pretendem promover o ordenamento florestal e estabelecer um conjunto de boas práticas florestais que permitirão uma valorização dos diversos produtos florestais em equilíbrio com a natureza.
 
Planos Orientadores de Gestão Cinegética (POGC)
O importante contributo da actividade cinegética para o desenvolvimento da economia no meio rural, a necessidade de compatibilização da gestão cinegética com a conservação dos recursos naturais e com outras actividades que se desenvolvem nesses espaços, nomeadamente, actividades culturais, lúdicas e sociais, tornam fundamental a elaboração de planos nos quais sejam estabelecidos os princípios orientadores de gestão da actividade cinegética.
 
Elaboração de Candidaturas de apoio no âmbito do PDR2020
- Definição dos objectivos do projecto de investimento com base no diagnóstico inicial e tendo em conta todo o potencial produtivo existente na exploração;
- Elaboração de cartografia em formato papel e digital;
- Elaboração de relatório final de forma a dar a resposta técnica mais adequada às condições edafo-climáticas inerentes à exploração e em conformidade com os PGF;
- Formalização da candidatura junto das entidades competentes e respectivo acompanhamento;
- Execução de obras florestais.
 
Cartografia Temática e Digital
Os SIG (Sistemas de Informação Geográfica) constituem uma ferramenta de trabalho essencial em diversas áreas de actuação da Forestagri, nomeadamente, na auditoria, avaliação e levantamento de prédios rústicos, projectos florestais, certificação e gestão florestal sustentável.
 
Assim, dispomos dos meios necessários para a realização dos seguintes trabalhos:
- Levantamentos topográficos perimetrais e/ou posicionais associados à implantação de infra-estruturas, nomeadamente, caminhos agrícolas/florestais, armazéns, estufas, pivots e outros sistemas de rega, charcas/açudes, vedações, implantação de painéis fotovoltaicos ou éolicos, etc.;
- Levantamentos, medição de áreas agrícolas/florestais;
- Levantamentos GPS;
- Divisão de propriedades e/ou serviço de cadastro;
- Elaboração de cartografia temática.
 
Certificação Florestal FSC®
A Certificação Florestal FSC® é um conjunto de mecanismos que asseguram uma gestão florestal responsável, rigorosa e criteriosa e cujas práticas definidas respeitam as funções económicas, ambientais e sociais do meio onde estão inseridas. Por ser auditada por uma entidade independente, garante ao consumidor final um produto de valor acrescentado.
 
O GFS Certificação (FSC-C100171) apoia os seus clientes na implementação e manutenção de Sistemas de Gestão Florestal Sustentável visando a certificação florestal FSC® e tem já uma área certificada de 13 318 ha. Por favor consulte a gestora do GFS Certificação para mais informações (gfscertificacao@forestagri.pt).

 

A Forestagri faz parte do “Grupo de Partes Interessadas” no desenvolvimento da norma FSC® para Portugal.
 
Quais as vantagens da Certificação Florestal FSC®?
- Permite a optimização dos recursos florestais uma vez que aposta no aumento da eficiência dos processos produtivos e na redução de custos;
- Promove manutenção e melhoria das funções económicas, ecológicas e sociais;
- Desenvolve uma política de valor acrescentado, valorizando os diversos produtos florestais, enquanto matérias-primas renováveis e geradoras de recursos múltiplos;
- Potencia a crescente procura dos mercados mundiais por produtos de qualidade superior e que valorizam o meio ambiente, social e económico da sua origem;
- Valoriza a imagem da empresa na sociedade;
- Dá particular importância à preservação da biodiversidade e ao uso-multiplo da floresta;
- Possibilita novas oportunidades de negócio.
 
Documentos do GFS Certificação
Política Florestal
Documento de Síntese
- Unidades de Gestão Florestal aderentes ao GFS Certificação
- Formulário de Pré-Adesão

Dispomos ainda para consulta pública na sede do GFS Certificação os seguintes documentos:
- Resumos públicos dos PGF
- Política Anticorrupção do grupo

- Mecanismo de resolução de disputas
- Resultados da monitorização.

Qualquer queixa ou sugestão efetuada no âmbito da certificação da gestão florestal deverá ser feita por escrito, podendo utilizar o e-mail para o efeito (gfscertificacao@forestagri.pt). Esta seguirá os trâmites descritos no procedimento do GFS Certificação sobre este assunto. 
 

Elaboração de pedidos de (re)arborização no âmbito do RJAAR
A Forestagri engenharia dispõe de um corpo técnico experiente e especializado para elaboração de projetos de arborização no âmbito do Regime jurídico aplicável às ações de arborização e rearborização (RJAAR). Entrou em vigor a 1 de janeiro de 2018, a Lei n.º 77/2017, de 17 de agosto, que procede à primeira alteração ao RJAAR aprovado pelo do Decreto-Lei n.º 96/2013, de 19 de julho, assim como as Portarias n.º 15-A e 15-B, ambas de 12 de janeiro de 2018, que estabelecem, respetivamente as normas técnicas essenciais a considerar, nomeadamente, no âmbito da elaboração de projetos, e as habilitações mínimas exigidas para elaboração e subscrição projetos. 



3. AUDITORIA E AVALIAÇÃO DE PROPRIEDADES

A auditoria e avaliação de bens imobiliários constitui um dos ramos da actividade da Forestagri, para a qual possui a marca registada GFS – Engenharia®.

 

Auditoria de propriedades rústicas e urbanas
A auditoria de propriedades rústicas e urbanas permite ao comprador/vendedor uma caracterização completa do seu bem imobiliário, nomeadamente no que diz respeito a:
- Levantamento cartográfico/medição de áreas;
- Levantamento de todos os recursos existentes;
- Análise dos documentos necessárias à formalização da venda;
- Elaboração de relatório final e aconselhamento técnico;
- Acompanhamento na mediação de compra e venda.
 
Avaliação de propriedades rústicas e urbanas
A avaliação das propriedades rústicas ou urbanas pode ser realizada para diversos fins, nomeadamente:
- Concessão de empréstimos;
- Expropriações por utilidade publica amigável ou judicial através da procura do justo valor de indemnização;
- Partilhas, direitos sucessórios, constituição de sociedades, etc.
 


4. ZIF - ZONAS DE INTERVENÇÃO FLORESTAL

O que é uma ZIF?
É uma área territorial contínua e delimitada, constituída maioritariamente por espaços florestais, submetida a um plano de gestão florestal (PGF) e administrada por uma única entidade (Entidade Gestora).

Quais os objetivos das ZIF geridas pela Forestagri?
- Promover a gestão sustentável dos espaços florestais que as integram;
- Reduzir as condições de ignição e de propagação de incêndios;
- Coordenar a recuperação dos espaços florestais e naturais quando afetados por incêndios;
- Rentabilizar economicamente os terrenos;
- Infraestruturar o território, tornando-o mais resiliente aos incêndios florestais, garantindo a sobrevivência dos investimentos e do património constituído;
- Coordenar, de forma planeada, a proteção dos espaços florestais e naturais;
- Dar coerência territorial e eficácia à ação da administração central e local e dos demais agentes com intervenção nos espaços florestais.

Quem pode aderir?
- Proprietários/Produtores Florestais;
- Agricultores;
- Órgãos Gestores de Baldios;
- Órgãos da Administração Central e Local.

Vantagens:
- Benefícios nas candidaturas a fundos comunitários (PDR 2020);
- Isenção de IMI e IMT;
- Maior proteção do território contra pragas, doenças e incêndios florestais;
- Isenção de obrigação de ter um PGF individual para a propriedade.

A Forestagri encontra-se em processo de constituição de seis ZIF:

 

ZIF da Ribeira de Têra (consulte aqui a delimitação em formato PDF ou no Google Earth)

 
   
ZIF do Ervedal (consulte aqui a delimitação em formato PDF ou no Google Earth)


   
ZIF de Sousel (consulte aqui a delimitação em formato PDF ou no Google Earth)


   
ZIF do Murtigão (consulte aqui a delimitação em formato PDF ou no Google Earth)


 
ZIF da Casa Branca (consulte aqui a delimitação em formato PDF ou no Google Earth)


 
ZIF de Barrancos (consulte aqui a delimitação em formato PDF ou no Google Earth)


Todas estas ZIF, à exceção da ZIF de Barrancos, são financiadas pelo Fundo Florestal Permanente.
   


Pretende aderir?
- Ficha de adesão em nome individual;
- Ficha de adesão em nome coletivo.



5. MONITORIZAÇÃO E AVALIAÇÃO DE MORTALIDADE DE SOBREIRO

- Levantamento com GPS dos sobreiros mortos na propriedade;
- Levantamento de outras variáveis importantes na caracterização da área envolvente;
- Elaboração de relatório técnico com cartografia de distribuição espacial;
- Este trabalho poderá ser realizado em conjunto com a monitorização e avaliação de controlo biológico de Plátipo, sendo possível deste modo relacionar diretamente o impacto desta praga na mortalidade dos sobreiros.



6. MONITORIZAÇÃO E AVALIAÇÃO DE CONTROLO BIOLÓGICO DE PLÁTIPO

- Recolha das capturas de Plátipo (Platypus cylindrus) em pontos de amostragem selecionados aleatoriamente;
- Contagem em laboratório;
- Elaboração de relatório técnico com mapas de distribuição espacial de abundância, estimativas de parâmetros populacionais e elaboração de medidas preventivas e de mitigação.

EQUIPA TÉCNICA

  
Fernanda Vale Dias
Licenciada em engenharia agronómica - C.P da Ordem dos Engenheiros n. 59763 - Colégio de Agronomia
Pós-graduada em Avaliação Imobiliária
Perita avaliadora das listas oficiais do Ministério da Justiça - Comarca de Évora
Administração

Gestora do Grupo GFS Certificação

Gonçalo Potier Dias
Licenciado em engenharia zootécnica
Pós-graduado em produção animal
Administração

Equipa técnica do GFS Certificação

Paulo Monteiro
Licenciado em engenharia florestal 
Técnico de SIG

Equipa técnica do GFS Certificação

Diogo Castel-Branco
Mestre em engenharia florestal
Responsável pelos Planos de Gestão Florestal

Equipa técnica do GFS Certificação

Vanessa Inácio
Mestre em engenharia florestal 
Coordenadora da equipa técnica do GFS Certificação

Ana Marques
Mestre em
gestão e conservação da natureza
Processo de criação de Zonas de Intervenção Florestal
Equipa técnica do GFS Certificação


PARCERIAS

Júlio Potes
Licenciado em engenharia zootécnica
MBA em avaliação imobiliária
Inscrito na CMVM com o n.º PAI/2014/0051
Inscrito na CNPR (Câmara Nacional de Peritos Reguladores)

CONTACTOS

  
E-mail
forestagri@agrigroup.pt
gfscertificacao@forestagri.pt
zif@forestagri.pt


Sede
Travessa dos Guerreiros, 21A
2100-218 Coruche

(+351) 243 660 777
(+351) 937 657 446
(+351) 913 882 575
(+351) 915 486 655


Filial
Rua Rodrigues Sampaio, 19, 2.ºD
1150-278 Lisboa

(+351)  215 995 994